Por pbagora.com.br

A empresa Paraíba de Prêmios se posicionou oficialmente após a divulgação de fatos ligados a todo e qualquer processo de investigação no estado.

Segundo a empresa, entendendo e respeitando o trabalho de órgãos de fiscalização e da justiça, continua sempre à inteira disposição para esclarecer ou colaborar com todo e qualquer fato que se faça necessário, dentro das atribuições de suas atividades e do seu objeto de trabalho.

A empresa pontua ainda que a transparência, marca registrado em seus quase cinco anos de atividades na Paraíba, continuará sendo a sua maior marca.

Com mais de oito mil postos de trabalho gerados de forma direta e indireta, a direção da empresa informou aos seus colaboradores, fornecedores e toda a sociedade paraibana que as atividades seguem em ritmo normal.

Segundo o diretor-presidente do Paraíba de Prêmios, Denys Machado, o trabalho segue normal com engajamento de todas as equipes:

-Nosso objetivo maior jamais será abalado. Manteremos o ritmo com nossos mais de oito mil postos de trabalho no estado, continuaremos realizando o sonho de várias famílias por toda a Paraíba e também continuaremos o trabalho de ajuda às instituições sociais e carentes. O Paraíba de Prêmios é a empresa privada que mais ajuda a pessoas carentes e instituições filantrópicas que precisam de apoio e disso jamais abriremos mão.
Em alguns casos, as instituições sociais conseguem continuar funcionando somente devido à nossa ajuda financeira direta-, pontuou Denys.


Redação com Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eduardo Paes, do DEM, é eleito prefeito do Rio de Janeiro

Eduardo Paes (DEM) foi eleito neste domingo (29) prefeito do Rio de Janeiro. Será o terceiro mandato do bacharel em direito de 51 anos, que já governou a cidade entre…

Bruno Covas vence eleição para prefeitura de São Paulo

O candidato Bruno Covas (PSDB) venceu a eleição para prefeito da capital paulista com 59,45% dos votos válidos. Guilherme Boulos (PSOL) ficou em segundo lugar, com 40,55% dos votos válidos.  Até…