Por pbagora.com.br
 
 

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, em nome de todos os parlamentares e servidores, lamenta a morte do economista e advogado paraibano Antônio Juarez Farias, que faleceu na madrugada desta segunda-feira (8), após lutar por dois anos contra um câncer no pulmão. Juarez Farias tinha 87 anos.

“É com profunda tristeza que tomamos conhecimento da morte do amigo Antônio Juarez Farias. Um homem que contribui muito para o engrandecimento da Paraíba, principalmente durante sua atuação a frente do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Estamos solidários à família e desejamos que Deus possa confortá-los nesse momento de dor”, lamentou o presidente da Assembleia, Adriano Galdino.

O economista Juarez Farias nasceu no município de Cabaceiras, no Cariri da Paraíba, foi vice-governador do Estado e chegou ao Tribunal de Contas do Estado após ser nomeado conselheiro pelo governador Ronaldo Cunha Lima. Farias se aposentou em 2003.

Farias foi também professor na Universidade Católica de Pernambuco, ocupou cargos na diretoria do Banco do Nordeste, além de exercer funções no antigo Banco Nacional da Habitação, na Eletrobrás e na Sudene, sendo a primeira pessoa contratada pelo economista Celso Furtado para o projeto de criação daquela Superintendência.

Ainda não há informação sobre o velório e sepultamento do ex-conselheiro.

Redação com ALPB

 

 
 
Notícias relacionadas

Mãe do jornalista e servidor da CMJP Paulo de Pádua morre por complicações da Covid

Morreu nesta terça-feira (13) a mãe do jornalista Paulo de Pádua, servidor da Câmara Municipal de João Pessoa. Daura Camelo de Vasconcelos, de 98 anos, faleceu dormindo, no início da…

TCE-PB rejeita contas de 2014 da SES e multa Waldson de Sousa

Reunido em sessão ordinária nesta quarta-feira (14), por videoconferência, o Pleno do Tribunal de Contas do Estado rejeitou as contas da Secretaria de Estado da Saúde, relativas a 2014, sob…