A Paraíba o tempo todo  |

ASPOL quer o mesmo reajuste de delegados

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O desfecho das negociações do governo do Estado com os delegados da Policia Civil não atrai o interesse apenas dos delegados. É que, outras categorias do órgão também aguardam com ansiedade o desfecho das negociações e os resultados concretos por parte da Secretaria de Segurança do Estado da Paraíba.

De acordo com o presidente da Associação dos Policiais Civis do Estado da Paraíba (ASPOL/PB), Alberto Soares de Araújo, a principio, a proposta que será expedida pelo governo do Estado aos delegados será conjunta e contemplará todas as funções.

“Aguardamos uma proposta conjunta e que não seja descriminatória”, disse Alberto. Caso a proposta não agrade a categoria, os policiais também devem aderir ao movimento paredista em todo o Estado.

Conforme o presidente, as outras categorias da Policia Civil (papiloscopistas, agentes, escrivões, etc.) aguardam ser beneficiados com um reajuste salarial de acordo com a função exercida. Alberto lembra que a Paraíba é o Estado que paga o pior salário do Nordeste, ficando atrás até mesmo do Estado do Piauí.

A Aspol já realizou vários encontros com o Secretário Gustavo Gominho e recebeu promessas de que todos os pleitos seriam atendidos, no entanto, apenas após as negociações com os delegados.
 

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe