Quando a maré baixa engole as águas do mar na praia de Camboinha, próxima a João Pessoa, cospe uma pérola. A Ilha da Areia Vermelha, um banco de areia de dois quilômetros de extensão sobre uma formação de corais, aparece quando o mar não está alto e, por cerca de cinco horas, recebe centenas de turistas. É assim que o Portal Terra inicia reportagem destacando os encantos de Areia Vermelha.

Da praia até a ilha, são dez minutos em pequenos barcos. Ao chegar às areias – verdadeiramente vermelhas – não se assuste com a quantidade de embarcações e jet-skis chegando ao mesmo momento: eles vieram fazer o mesmo que você.

O bom disso é que há uma estrutura razoável no local. Uma parte dos barcos que chegam à ilha viram bares, onde é possível tomar drinques refrescantes feitos com frutas. Alguns montam estruturas com mesas e cadeiras sob tendas para proteger do sol.

Passar um tempo ali, depois de molhar o pé nas águas mornas e transparentes e explorar as piscinas naturais de corais com peixinhos coloridos, não é má idéia. Vale esperar o caranguejo ou comer um espetinho enquanto tenta alguma das bebidas servidas dentro de um abacaxi olhando para o mar. E suspirar.

Além dos peixes, ao alcance das mãos, o local abriga uma série de corais ¿cuidado para não machucar os pés descalços neles. A ilha costuma encher de turistas no verão, mas é preciso estar atento às tábuas de marés (que prevêem quando o mar vai permitir que o banco de areia apareça) divulgadas por companhias de turismo e em sites de previsão do tempo. O território da ilhota faz parte do “Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha”, uma unidade de conservação ambiental que visa preservar o ecossistema da região. Portanto, atenção redobrada com o lixo.

Especial para Terra

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bombeiros encontram corpo de homem em açude do Sertão

O corpo de um homem identificado como Betânio Bernardo Ribeiro, conhecido popularmente como Dodoia, de 41 anos que morreu afogado enquanto pescava na tarde dessa segunda-feira (24), na zona rural…

Municípios não corrigem falhas em seus orçamentos e TCE-PB emite 74 novos alertas

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) emitiu 74 alertas a gestões municipais por conta de problemas relacionados às Leis Orçamentárias Anuais (LOAs) elaboradas para o exercício de…