Por pbagora.com.br

Após a publicação de críticas nas redes sociais do ex-deputado Raoni Mendes (DEM) e das notas de repúdio de sindicatos e conselhos contra a forma como a prefeitura de João Pessoa idealizou o preenchimento de vagas no Ortotrauma de Mangabeira, a gestão voltou atrás e anunciou, na tarde desta quinta-feira (20), retificação no edital, no entanto, vai manter a seleção simplificada para ocupar as vagas na unidade, neste primeiro momento.

A revelação foi feita pelo secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, em entrevista ao programa Correio Debate. De acordo com ele, as modificações ocorrerão no valor do salário de um dos cargos e na nomenclatura do cargo de auxiliar de arquivo. “São dois erros formais que a gente vai consertar a partir de uma retificação do edital” declarou.

Adalberto ainda anunciou que as contratações estão sendo realizadas por força de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), como Ministério Público Estadual para que a situação do Trauminha seja regularizada, mas reforçou que o intuito é que um concurso público seja realizado.

“Esse processo seletivo vai lastrear o concurso definitivo que vai ser colocado em pauta. Nós estamos fazendo um processo seletivo simplificado que é mais rápido, e vai nos dar o tempo necessário para que se possa fazer o concurso público ainda esse ano, mas isso tem a ver com orçamento e financeiro pois a prefeitura não atrasa salário” declarou.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

João Azevêdo desmente fake news sobre privatização da Cagepa

Nesta quarta-feira (16), o governador João Azevêdo desmentiu o que tachou de fakenews, que foram disseminadas nas redes sociais em relação à gestão da Companhia de Água e Esgotos da…

PB: Banco indenizará cliente que teve cartão furtado e usado para compras

“A prova dos autos revelou que o Banco Réu permitiu a realização de compras utilizando o cartão de crédito da parte autora, mesmo após a comunicação de furto e solicitação…