Por pbagora.com.br

Após nove meses de resultados positivos, o volume de serviços na Paraíba registrou queda de 1% em fevereiro, frente a janeiro, de acordo com a Pesquisa Mensal de Serviço (PMS), divulgada pelo IBGE, nesta quinta-feira (15). A variação contrasta com o avanço verificado na média nacional (3,7%), mas acompanha o movimento de outras seis unidades da federação, que também apresentaram índices negativos.

A receita nominal do setor paraibano, por sua vez, teve alta de 0,3% em relação a janeiro, embora também abaixo da média brasileira (2,8%). Já no acumulado de 12 meses, o levantamento aponta retração de 11,7% nesse indicador, a 10ª mais intensa do país e mais forte que a constatada na média geral (-8,2%).

Nesse mesmo período, o volume de serviços no estado acumulou redução de 12,1%, perda maior que a observada na média do Brasil (-8,1%). Apesar disso, na região, o recuo paraibano foi um dos menos intensos, atrás apenas do Maranhão (-3,7%).

Já em comparação com fevereiro de 2020, o volume de serviços na Paraíba caiu 4,5% e a receita 2,2%. Na média geral do país, a PMS também identificou diminuições em ambos os indicadores, de 2% e 1,6%, respectivamente.

 

Da Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

PB lança edital para contratação de restaurantes em 83 municípios

O Governo do Estado publicou, nesta sexta-feira (14), o edital de convocatória para as empresas do setor alimentício (restaurantes e similares) que desejam fornecer as refeições, do tipo quentinha, para…

ALPB lamenta morte do servidor público José Antônio Costa, o “Zé Gotinha”

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, em nome de todos os parlamentares e servidores da Casa Epitácio Pessoa, vem a público lamentar o falecimento do servidor público…