A deflagração de mais uma fase da Operação Calvário, nesta quarta-feira (09), ocupou os temas dos debates na Assembleia Legislativa da Paraíba, nesta manhã. O líder da bancada de oposição na Casa, Raniery Paulino (MDB), ocupou a tribuna e chegou a sugerir que o governo João Azevêdo (PSB) se limpe, uma referência a retirada de auxiliares da antiga gestão que têm os nomes envolvidos nos escândalos. O parlamentar sugeriu que o governador ‘desmalufe’ a gestão, que segundo ele seria o conceito inerente ao político Paulo Maluf do rouba, mas faz.

“Se eu pudesse eu gostaria de dar um conselho ao governador João Azevêdo. Eu cumpro aqui o meu papel de fiscalizar o poder executivo, daí me considero na condição de dar algumas sugestões. Ele precisa desmalufar esse governo na íntegra. Aquele conceito de Maluf para quem acha que o coletivo girassol inventou a roda na Paraíba, que fez muito pelo Estado e por ter feito muito podia tudo. Esse conceito de Maluf que rouba mas faz é um atraso. Está aí onde está hoje Paulo Maluf. Acho que esse destino não é bom para ninguém. Aquele conceito de trabalhador, de operoso hoje existe uma variedade de outros conceitos – de um homem que se corrompeu e que corrompeu outros homens. Que acha que o coletivo, em nome do projeto podia tudo. O projeto hoje não rima apenas com trabalho, mas também com corrupção”, disparou o emedebista.

Já o deputado Anderson Medeiros (PSC) lembrou a luta da oposição na Casa pela instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito justamente para investigar e passar a limpo os escândalos envolvendo as Organizações Sociais contratadas pela gestão estadual

“As pessoas já comentavam, os deputados na antiga legislatura já alertavam que o que estava acontecendo com as organizações sociais, não era apenas na saúde, também estava na educação e isso tinha que ser investigado. O que a gente está falando na Paraíba é de uma operação da Polícia Federal que envolve vários Estados do país, com um mandado de prisão contra um secretário. É triste ver tudo isso. Como advogado tenho responsabilidade de dizer que todo um governo e todo um partido está envolvido. Se o governo quer o direito de defesa, então clamo por uma CPI, que é um instrumento necessário para apurar e apresentar o contraditório”, ressaltou.

A deputada estadual Camila Toscano, do PSDB, lamentou o fato de Operação Calvário atingir já cinco secretarias. “Ao invés de sermos destaques pelas belezas da Paraíba somos destaques por desvios de dinheiro e corrupção. Era apenas na saúde, hoje temos cinco secretários que receberam a visita da Polícia Federal e o governador insiste em mantê-los dentro do governo. É vergonhoso para a Paraíba ter os seus auxiliares afastados não porque o governador não tem condição de tirar, não pega sua caneta e exonera, mas sim porque a Polícia Federal está batendo na porta e prendendo”, disse, ao ressaltar que é impossível defender o indefensável.

Já o deputado Buba Germano, do PSB, fez o contraponto e ressaltou o trabalho que está sendo continuado com a gestão João Azevêdo. De acordo com ele, hoje a população colhe frutos do trabalho.

“Nós vamos continuar em defesa de um governo que eu acredito. Quero enaltecer o esforço que o governo João está fazendo para dar sequência a um elenco de obras que já vinham em andamento e nós estaremos aqui, todos os dias, os senhores fazendo o papel dos senhores em jogar pedras em quem dá bons frutos e a gente defendendo a vida dos paraibanos. Eu tenho orgulho de fazer parte de um partido que transformou a vida dos paraibanos”, finalizou.

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prédio residencial desaba em bairro de classe média de Fortaleza

Um prédio residencial localizado na Rua Tibúrcio Cavalcante, nº 24, no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, identificado como Condomínio Andrea, desabou na manhã desta terça-feira (15). O Corpo de Bombeiros…

Em Teixeira: acusado de matar namorada é encontrado morto

O jovem Douglas Alves de Sousa, 21 anos, suspeito de assassinar a namorada de 16 anos, na cidade de Teixeira, na noite de ontem, segunda-feira (14), foi encontrado morto nesta…