A Paraíba o tempo todo  |

Após decisão da justiça, tratamento de paraibana vai ser retomando

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Após a decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Regional (TRF5)ter obrigado o Ministério da Saúde a fornecer o medicamento para o tratamento contra a Atrofia Muscular Espinhal (AME), o órgão já entrou em contato com a família da menina campinense Laissa Silva.

De acordo com a família, o tratamento deverá ser iniciado dentro de duas semanas e terá que começar da primeira aplicação.

Por falta do medicamento, o tratamento que foi iniciado em abril teve que ser interrompido.

Laissa disse que a luta dela vai continuar na busca para que essa medicação seja ofertada no Sistema Único de Saúde (SUS) e poder assim ajudar a outras crianças com o mesmo problema.

 – Não acaba por aí. Ainda temos que ajudar meus amiguinhos – disse.

Redação com TV Itararé

Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe