Por pbagora.com.br

Pré-candidato à prefeitura de João Pessoa com o apoio do PCdoB, o deputado estadual Anísio Maia (PT) responsabilizou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) por articular a divisão da esquerda, em João Pessoa, após a adesão do PDT à pré-candidatura da professora Edilma Freire (PV).

Segundo o petista, além de cometer um grande erro, Ricardo enfraquece o bloco ao procurar atraí-lo para apoiar projetos familiares e personalista que só favorecem o bolsonarismo.

“Ricardo Coutinho está cometendo um grande erro. Em vez de procurar unir e fortalecer a esquerda, está tentando dividi-la, ao procurar atraí-la para apoiar projetos familiares e personalistas que conciliaram com os Bolsonaristas.  Estes projetos não oferecem nenhuma segurança e garantia de apoio a nossa luta para derrotar as políticas contra os trabalhadores e o povo do governo federal e seus aliados.
Qualquer proposta de frente contra o Bolsonarismo tem que ser encabeçada por candidatos que já estavam na luta democrática conosco. Não confiamos em acordos meramente eleitorais”, desabafou.

Na próxima quarta-feira (16) o PT oficializa a candidatura própria da legenda e, conforme a executiva, a tese de desistência da postulação não está nos planos da sigla.

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TCE-PB multa Berg por irregularidades em compras de materiais de construção

A 1ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba julgou irregular, nesta quinta-feira (24), procedimento de adesão, pela Prefeitura de Bayeux, a ata de registro de preços objetivando a compra,…

MPE pede impugnação de candidatura de Anísio Maia à PMJP

Nesta sexta-feira (25) a Ação de Impugnação de Registro da Candidatura de Anísio Maia (PT) foi juntada aos autos do processo do Ministério Público Eleitoral. No documento assinado pelo promotor…