Mais votado nas eleições de 2016, em Campina Grande, o vereador campinense Renan Maracajá (PSDC) prestou depoimento à Polícia Federal nesta quinta-feira (24), em função das referências ao seu nome nas investigações que apuram um esquema de fraude em licitações na gestão municipal.

O parlamentar, que é apontado como um dos participantes do esquema, negou  qualquer “envolvimento ou relação com os acusados” e que aguarda o desenrolar das investigações.

Ele emitiu uma nota sobre o caso para prestar esclarecimentos à sociedade e ratificar sua postura proba no tocante ao erário público

 

Nota de Esclarecimento

O vereador Renan Maracajá (PSDC) vem esclarecer que em relação à Operação Famintos da Policia Federal, na qual foi citado, já prestou depoimento às autoridades policiais e aguarda o desenrolar das investigações. Ele nega qualquer envolvimento e relação com os acusados, bem como se coloca à disposição da justiça para colaborar com as investigações, acreditando na justiça e que a verdade dos fatos virá à tona. Renan Maracajá prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal em Campina Grande, nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 25. Por fim, ele agradece as manifestações de confiança na probidade do seu nome e ressalta a postura ética que baliza o seu mandato popular.

Sigamos em frente,

Renan Maracajá.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Feminicídio é tema de audiência pública na Câmara Municipal de CG

O número de homicídios contra as mulheres vem aumentando gradativamente nos últimos anos no estado da Paraíba e tem preocupado as autoridades. Esse vai ser o tema de uma audiência…

SOS Transposição: Gleisi confirma presença e pede união contra Bolsonaro

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, divulgou vídeo nesta segunda-feira (19) convocando à população a se unir contra a política de destruição do governo Bolsonaro e…