Mais votado nas eleições de 2016, em Campina Grande, o vereador campinense Renan Maracajá (PSDC) prestou depoimento à Polícia Federal nesta quinta-feira (24), em função das referências ao seu nome nas investigações que apuram um esquema de fraude em licitações na gestão municipal.

O parlamentar, que é apontado como um dos participantes do esquema, negou  qualquer “envolvimento ou relação com os acusados” e que aguarda o desenrolar das investigações.

Ele emitiu uma nota sobre o caso para prestar esclarecimentos à sociedade e ratificar sua postura proba no tocante ao erário público

 

Nota de Esclarecimento

O vereador Renan Maracajá (PSDC) vem esclarecer que em relação à Operação Famintos da Policia Federal, na qual foi citado, já prestou depoimento às autoridades policiais e aguarda o desenrolar das investigações. Ele nega qualquer envolvimento e relação com os acusados, bem como se coloca à disposição da justiça para colaborar com as investigações, acreditando na justiça e que a verdade dos fatos virá à tona. Renan Maracajá prestou esclarecimentos na sede da Polícia Federal em Campina Grande, nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 25. Por fim, ele agradece as manifestações de confiança na probidade do seu nome e ressalta a postura ética que baliza o seu mandato popular.

Sigamos em frente,

Renan Maracajá.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nesta 5ª: João entrega abastecimento d’água, escolas e ruas pavimentadas no Sertão

O governador Azevêdo entrega, nesta quinta-feira (5), uma adutora do sistema emergencial de abastecimento d’água, três escolas, pavimentação de nove ruas e a nova agência de atendimento da Cagepa no…

Análise: no divórcio político de João e RC, os únicos traídos foram os eleitores

Esta foi a crônica política mais anunciada dos últimos tempos. Os primeiros sintomas do mal-estar – embora tênues – eram notados já após o início da gestão de João Azevêdo.…