Atendendo determinação do Promotor de Justiça da Infância e Juventude, Herbert Targino, a gerente da 3ª Região de Ensino, professora Maria do Socorro Ramalho, comunica aos diretores das escolas estaduais de Campina Grande que não permitam a saída de estudantes fardados no horário das aulas para participarem de manifestações públicas.

De acordo com o ofício 128/09, assinado pelo Promotor de Justiça, a medida busca, sobretudo, salvaguardar a integridade dos estudantes.

Socorro Ramalho afirmou que a participação nas manifestações é um direito democrático, mas lembra que deve ser feita sem o fardamento e fora do horário escolar.
 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nota: movimentos de direita criticam Julian e apoiam a Bolsonaro

Em nota divulgada nesta segunda-feira (21), movimentos pró-Bolsonaro na Paraíba ratificaram apoio ao presidente e criticaram a postura do deputado federal Julian Lemos, que atualmente é o presidente da legenda…

João Azevêdo confirma presença em Encontro de Administradores Tributários

O governador João Azevêdo confirmou presença no 2º Encontro de Administradores Tributários da Paraíba (EAT), que será realizado nos dias 7 e 8 de novembro, no Centro Cultural Ariano Suassuna,…