Por pbagora.com.br

O deputado federal Julian Lemos, único parlamentar eleito pelo PSL da Paraíba, para representar o povo no Congresso Nacional, voltou a endurecer o tom do discurso contra o ex-presidente Lula (PT) ao qual classificou de bandido e criminoso contumaz.

O petista, que segue preso na sede da Polícia Federal, em Curitiva, por conta dos desdobramentos da Operação Lava Jato, teve frustrada na tarde de ontem a possibilidade de garantir um Habeas Corpus em julgamento na Segunda Turma do Supremo Federal. Julian, por outro lado, comemorou a decisão dos ministros da Suprema Corte.

“Primeiro as declarações de quem chamou o Supremo de acovardado é porque teve seus interesses contrariados, que era soltar um bandido, um criminoso contumaz, o chefe da quadrilha da maior organização criminosa que tivemos notícia nesse país, quiçá da era moderna. Então eu acho que o Supremo fez juz ao trabalho da Lava Jato e editou  uma decisão monocrática do Gilmar Mendes que poderia liberar o presidiário Lula baseado em um factoide”, disparou.

Julian ainda ratificou sua confiança na justiça e no Brasil. “O Brasil é superior a Julian, a Lula, a Bolsonaro a qualquer um. Nós iremos passar e o Brasil vai ficar”, arrematou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Fonte graúda do PT revela: candidatura de Anísio não interessa e intervenção foi fruto de diálogo que incluiu até PV

Em conversas com a coluna, por telefone e por Whatsapp, uma fonte graúda do Partido dos Trabalhadores revelou: por intransigência da Direção Municipal do partido, em João Pessoa, deixou-se de…

Apesar da pressão de RC, PSB Nacional rejeita aliança com PT em JP

A decisão do PT nacional de intervir na eleição à Prefeitura de João Pessoa e determinar ontem a retirada da candidatura do petista Anísio Maia para apoiar o ex-governador Ricardo…