Por conta do novo coronavírus, oito aldeias indígenas potiguaras, localizadas em municípios do Litoral Norte da Paraíba, adotaram a formação de barreiras como medida preventiva à Covid-19. Os dados foram informados pela coordenação da Fundação Nacional do Índio (Funai) em João Pessoa, neste domingo (19), quando é comemorado o Dia do índio no Brasil.

A ação tem a finalidade de controlar a entrada de pessoas que possam estar contaminadas. Outra medida adotada nas aldeias foi o adiamento de comemorações e eventos enquanto durar a pandemia de Covid-19.

O coordenador da Funai na capital, Petrônio Cavalcanti Filho, explicou que a iniciativa é apoiada pelo órgão em conjunto com o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei), a Polícia Militar, e as secretarias municipais de saúde dos municípios em que elas estão localizadas.

A medida foi adotada nas aldeias Brejinho, Tramataia, Camurupim, Coqueirinho, Val, Caieira e Jacaré de César, localizadas em Marcação e Jaraguá, em Rio Tinto.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Confira decreto que aumenta o isolamento social em Campina Grande

Novo Decreto de Romero que intensifica isolamento social Campina Grande é publicado em separata do Semanário Oficial Em uma separata publicada nesta terça-feira, 26, o Semanário Oficial do Município traz…

Governo disponibilizará lista com nome de quem recebeu o auxílio emergencial

O Governo Federal vai disponibilizar a lista de todas as pessoas que receberam o auxílio emergencial. A informação é do ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário. Ele…