O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), esteve na cidade de Pocinhos, nesta sexta-feira (22), onde visitou os lugares atingidos pela forte chuva ocorrida no município. O governador do Estado, João Azevedo (PSB), também participou da visita a pedido do presidente. Os representantes dos poderes dialogaram com as famílias prejudicadas e garantiram apoio para resolver os estragos causados pela força da água.

Sensibilizado, Adriano Galdino, juntamente com o governador, visitaram os locais mais atingidos. Eles estiveram nos bairros do Cajueiro, Conpel e Santa Terezinha, onde discutiram ações que possam acalmar a aflição dos moradores que tiveram suas casas praticamente destruídas.

“Agradeço demais a presença do governador, que está dividindo as dificuldades conosco nesse momento difícil, firmando parcerias com a nossa cidade para que possamos diminuir a dor do povo. Pocinhos é uma cidade que chove pouco e, de repente, uma chuva grande em um intervalo pequeno de tempo. Foi uma série de transtornos acabando com o calçamento, deixando pessoas desabrigadas .

Após dialogar com as famílias prejudicadas pelas chuvas no município, João Azevedo afirmou que a Assembleia Legislativa e o Governo do Estado estão unidos para ajudar a população da Cidade. Mesmo sendo obrigação da Prefeitura de Pocinhos a execução dos serviços, o governador determinou a realização das intervenções.

“Determinamos a Secretaria de Desenvolvimento Humano para vir aos locais e conversar com as famílias atingidas por essa chuva atípica. Houve um problema de drenagem e a Secretaria de Infraestrutura já está analisando soluções para melhorar. A população pode ficar tranquila porque vamos encontrar juntos as soluções para esse processo”, garantiu o governador. 

Pouco mais de uma hora de chuva foi o suficiente para causar alagamentos e deixar moradores desabrigados. Apesar da escassez de água no município, o excesso de chuva trouxe prejuízos. Os danos foram enormes, mas a solidariedade das pessoas está colaborando para diminuir o sofrimento.

As pessoas podem procurar a igreja da cidade para fazer doações. “Desde ontem estamos recebendo várias doações, pois muita gente não teve onde dormir. Estamos recebendo alimentos, entre outras coisas. Nós agradecemos muito a preocupação do presidente da Assembleia e do governador da Paraíba”, destacou o padre Deneilson da Silva Santos.

Moradores contam que há mais de 20 anos não chove o suficiente para trazer tantas mudanças em tão pouco tempo. “Eu moro com a minha esposa e mais oito filhos. A água atingiu mais de um metro na minha casa e nós perdemos tudo que tinha dentro. Só restou lama e um prejuízo que não dá para calcular “, disse Maurício Henrique da Silva.

Porém, os efeitos também foram positivos para o abastecimento. “O lado bom de tanta água é que seremos beneficiados na agricultura, pois Pocinhos sofre muito com a falta de água. Além disso vamos abastecer nossos reservatórios”, ressaltou o pastor Marcone Araújo.

De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, choveu em Pocinho, nas últimas 24 horas, 69,6 mm. Desse total, o montante esperado para o mês (60,7 mm) choveu em apenas 1 hora.

 

Redação com Assessoria

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mamaço discute empoderamento feminino e a importância da amamentação

Empoderamento da mulher que amamenta foi o tema principal do Mamaço, evento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Banco de Leite Anita Cabral, que teve…

João Azevêdo inspeciona obras de mobilidade urbana em João Pessoa

O governador João Azevêdo realizou, nesta sexta-feira (16), uma visita técnica às obras de ligações de bairros da Zona Sul de João Pessoa. As novas vias ligarão diversas áreas entre…