O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), esteve na cidade de Pocinhos, nesta sexta-feira (22), onde visitou os lugares atingidos pela forte chuva ocorrida no município. O governador do Estado, João Azevedo (PSB), também participou da visita a pedido do presidente. Os representantes dos poderes dialogaram com as famílias prejudicadas e garantiram apoio para resolver os estragos causados pela força da água.

Sensibilizado, Adriano Galdino, juntamente com o governador, visitaram os locais mais atingidos. Eles estiveram nos bairros do Cajueiro, Conpel e Santa Terezinha, onde discutiram ações que possam acalmar a aflição dos moradores que tiveram suas casas praticamente destruídas.

“Agradeço demais a presença do governador, que está dividindo as dificuldades conosco nesse momento difícil, firmando parcerias com a nossa cidade para que possamos diminuir a dor do povo. Pocinhos é uma cidade que chove pouco e, de repente, uma chuva grande em um intervalo pequeno de tempo. Foi uma série de transtornos acabando com o calçamento, deixando pessoas desabrigadas .

Após dialogar com as famílias prejudicadas pelas chuvas no município, João Azevedo afirmou que a Assembleia Legislativa e o Governo do Estado estão unidos para ajudar a população da Cidade. Mesmo sendo obrigação da Prefeitura de Pocinhos a execução dos serviços, o governador determinou a realização das intervenções.

“Determinamos a Secretaria de Desenvolvimento Humano para vir aos locais e conversar com as famílias atingidas por essa chuva atípica. Houve um problema de drenagem e a Secretaria de Infraestrutura já está analisando soluções para melhorar. A população pode ficar tranquila porque vamos encontrar juntos as soluções para esse processo”, garantiu o governador. 

Pouco mais de uma hora de chuva foi o suficiente para causar alagamentos e deixar moradores desabrigados. Apesar da escassez de água no município, o excesso de chuva trouxe prejuízos. Os danos foram enormes, mas a solidariedade das pessoas está colaborando para diminuir o sofrimento.

As pessoas podem procurar a igreja da cidade para fazer doações. “Desde ontem estamos recebendo várias doações, pois muita gente não teve onde dormir. Estamos recebendo alimentos, entre outras coisas. Nós agradecemos muito a preocupação do presidente da Assembleia e do governador da Paraíba”, destacou o padre Deneilson da Silva Santos.

Moradores contam que há mais de 20 anos não chove o suficiente para trazer tantas mudanças em tão pouco tempo. “Eu moro com a minha esposa e mais oito filhos. A água atingiu mais de um metro na minha casa e nós perdemos tudo que tinha dentro. Só restou lama e um prejuízo que não dá para calcular “, disse Maurício Henrique da Silva.

Porém, os efeitos também foram positivos para o abastecimento. “O lado bom de tanta água é que seremos beneficiados na agricultura, pois Pocinhos sofre muito com a falta de água. Além disso vamos abastecer nossos reservatórios”, ressaltou o pastor Marcone Araújo.

De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, choveu em Pocinho, nas últimas 24 horas, 69,6 mm. Desse total, o montante esperado para o mês (60,7 mm) choveu em apenas 1 hora.

 

Redação com Assessoria

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Debandada: pelo menos 16 prefeitos devem anunciar que seguirão com João

Pelo menos dez prefeitos filiados ao PSB na Paraíba devem deixar a legenda para seguir o mesmo rumo partidário que o governador João Azevêdo (sem partido). Na Câmara Municipal de…

PRF prende homem e apreende veículo clonado em João Pessoa/PB

Clone havia sido roubado em 2016 e circulava pela mesma cidade que o original. No final da tarde desta quinta-feira (5), a PRF apreendeu um veículo clonado na BR 101-Sul.…