A Paraíba o tempo todo  |

Açudes da zona rural de CG serão povoados com 100 mil alevinos de espécies variadas

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri) vai implantar, em breve, um projeto de peixamento para povoar os principais açudes do município com cerca 100 mil alevinos, principalmente de espécies nativas. O objetivo é reforçar a alimentação das famílias de agricultores, ajudar a revigorar a economia deste setor e contribuir para a sustentabilidade da natureza na zona rural do município.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Renato Benevides Gadelha, providências para a aquisição dos alevinos já estão sendo adotadas por aquela Pasta, garantindo que, tão logo a compra seja consumada, todos os mananciais deste município serão contemplados com a distribuição de peixes juvenis.

No entendimento de Gadelha, promover o povoamento dos açudes com pescados é um dos mais eficazes meios para garantir a segurança alimentar das famílias mais carentes da zona rural de Campina Grande, particularmente, aquelas que vivem nos assentamentos de reforma agrária. “Elas vão ter a oportunidade de explorar uma fonte de alimento rico em proteína e livre de qualquer custo”, observou o titular da Seagri.

Por fim, ele explicou que, além dos açudes públicos do município, também serão beneficiados com o fornecimento de alevinos os reservatórios particulares, cuja carga d´água não se esgote antes de janeiro de 2022.

ZÉ RODRIGUES – Localizado no Distrito de Galante, o Açude “Zé Rodrigues”, um dos mananciais que vão ser contemplados com o projeto de peixamento de Prefeitura de Campina Grande, está passando por um processo de recuperação física. Além da limpeza geral, para a retirada dos arbustos que tomaram toda a sua barragem, haverá também a recuperação da placa de cimento que marcou a inauguração daquele reservatório, ocorrida em julho de 2000.

 

Redação com Codecom/CG

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe