Por pbagora.com.br

O projeto do deputado federal Ruy Carneiro que prevê a redução de salário dos parlamentares para auxiliar o combate à pandemia de Covid-19 ganhou ampliação nacional. A ideia passou a ser defendida pela Presidência da República e também pelo presidente do Congresso. O parlamentar paraibano comemorou, por meio de suas redes sociais, o alcance de suas ideias conseguiram.

Ruy Carneiro destacou a importância da adoção destas medidas como exemplo para as demais esferas de poder, e convocou todos a agir e não apenas debater. “Defendo esta redução imediatamente! E já estou fazendo isso, por conta própria, há três meses. Temos, inclusive, projetos na Câmara que promovem a redução de salários da Câmara e do Senado que precisam sair da gaveta. Chega de debate, agora é agir logo”, comentou o deputado.

O projeto de decreto legislativo de Ruy prevê o corte de 50% nos salários de deputados federais e senadores, durante três meses. Com a medida, o Congresso Nacional poderia economizar cerca de R$ 30 milhões, de acordo com o deputado, e se todas as casas parlamentares do Brasil adotassem a mesma medida, seria possível assegurar R$ 1 bilhão para o controle da pandemia.

Antes mesmo de ter seu projeto aprovado no Congresso, o deputado Ruy tem realizado a iniciativa de doar parte do próprio salário para instituições de João Pessoa. Desde abril, o parlamentar já contribuiu com o Hospital Padre Zé, a Comunidade Doce Mãe de Deus; a Comunidade Filhos da Misericórdia; e a Associação Promocional do Ancião Dr. João Meira de Menezes (ASPAN).

A proposta em discussão pelo Executivo e Legislativo nacionais é de que haja uma redução nos valores dos servidores das duas casa, para que sejam pagas mais parcelas dos auxílios emergenciais às pessoas em dificuldade financeira por conta da Covid-19. “A repercussão econômica desta pandemia é inegável. E todo nosso esforço é válido para fazer com que as pessoas tenham um mínimo necessário para suas famílias. Bem como precisamos aproveitar esse momento de diálogo e sentar todos à mesa para definir as medidas para reativação da economia brasileira como um todo. O povo quer a redução de salário para ontem, e quer uma perspectiva de futuro já para amanhã”, arrematou o deputado.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Banco deve indenizar em R$ 10 mil cliente que foi feito refém durante assalto

A Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba negou provimento à Apelação Cível nº 0807307-53.2015.8.15.0001 interposta pelo Banco Santander S/A, que foi condenado pelo Juízo da 4 Vara…

Padre José Gilmar muda versão de sequestro e confessa que mentiu

Durante entrevista coletiva com a imprensa nesta segunda-feira (26), a Polícia Civil informou que o padre José Gilmar, pároco da Paróquia Santa Teresinha, no bairro do Roger, em João Pessoa,…