Uma mulher e dois homens foram presos suspeitos de integrar uma organização criminosa que trazia drogas de Pernambuco. O grupo ostentava uma vida de luxo em João Pessoa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em ação conjunta com equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Civil da Paraíba prenderam no final da noite da última segunda-feira (04), uma mulher e dois homens transportando 3kg de substância análoga a cocaína.

As abordagens foram realizadas na BR 101, no km 108, no município de Alhandra/PB. O grupo estava em dois automóveis, sendo um deles um veículo de luxo M. Benz C180. Ao fazer uma fiscalização minuciosa ao interior dos veículos, foram encontrados 3 tabletes contendo um total de 3kg de substância análoga a cocaína, uma pequena quantidade de Skank, um tipo de maconha modificada, e dinheiro.

Investigações realizadas pela Polícia Civil apontam que o grupo pertence a uma organização criminosa que teria se dirigido ao estado de Pernambuco a fim de buscar a droga para ser comercializada na Paraíba.

O grupo ostentava uma vida de alto padrão. A jovem de 24 anos, identificada como a chefe do grupo, moradora do altiplano, estava na Mercedes Benz de luxo e já foi presa outras vezes por tráfico de drogas e respondia em liberdade por ter um filho pequeno.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Civil da Paraíba para serem tomadas as providências cabíveis.

Redação com Nucom/PRF

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende albergado no Curimataú ao tentar se desfazer de arma

A Polícia Militar apreendeu, nesse domingo (5), mais uma arma de fogo que estava com um suspeito, no interior da Paraíba. O detalhe é que o homem preso já cumpria…

Na PB, secretário diz que descartou disputa eleitoral por conta de pandemia

O secretário executivo Adauto Fernandes, da Secretária Estadual de Representação Institucional (SERI), desistiu da disputa para um vaga na Câmara Municipal e João Pessoa e permanece na gestão de João…