O número de pacientes vítimas de queimadura no período do feriado de São João caiu em 2019 de acordo com os dados da Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Conforme o órgão, entre a quinta-feira (20) e esta segunda-feira (24), dos 18 casos de queimaduras que deram entrada na unidade, apenas quatro foram originados de acidentes com fogos ou fogueira.

Entre os casos de acidentes com fogos e fogueira registrados este ano está o de um menino de 13 anos, morador de Rio Tinto, que teve queimaduras após tentar pegar uma bomba junina que não explodiu. Ele foi atendido e liberado em seguida.

O Hospital de Traumas de Campina Grande também registrou vários casos de acidentes com queimaduras no período junino. Um homem de 49 anos ficou gravemente ferido após cair em cima de uma fogueira na cidade de Matinhas, no Brejo da Paraíba.
Segundo informações do Hospital de Trauma de Campina Grande, para onde a vítima foi socorrida, João Avelino Henrique está internado na UTI e o estado de saúde dele é considerado grave.

Além dele, foram registrados mais seis casos de queimaduras na véspera de São João, sendo três crianças e três adultos.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Pessoa entre os 10 destinos mais procurados no primeiro semestre

O buscador online de passagens aéreas Voopter apontou que João Pessoa foi o 10º destino brasileiro mais procurado pelos viajantes em consultas feitas no período de 1º de janeiro a…

Xeque mate: mantida prisão de Leto e de mais quatro réus

Conforme havia anunciado, a juíza Higyna Josita Simões de Almeida deixou para esta sexta-feira (19) a decisão sobre a liberação dos réus envolvidos na operação Xeque-Mate. A magistrada, que foi…