Por pbagora.com.br

Por determinação do comando do 3º Batalhão de Polícia Militar no município de Patos, Sertão paraibano, todos os cães pertencentes ao canil daquela instituição foram “doados”. O fato causou estranheza ao Ministério Público da cidade que, nos próximos dias, deve abrir processo de investigação, uma vez que os animais tratam-se de patrimônio público.

Segundo informações do 3º Batalhão, por medida de segurança e manutenção do bem estar dos cães que se encontravam naquela unidade os mesmos foram distribuídos entre os policiais que os utilizavam.

Ainda segundo o comando em Patos, a medida foi tomada devido a intensificação do policiamento ostensivo que dispensa a utilização dos animais. Dessa forma, os cães estavam “isolados”, sem o contato humano de que necessitam para um bom desempenho de suas atividades.

O fato que “perturba” o Ministério Público e toda a população sertaneja, é de que os animais poderiam continuar sendo utilizados em várias operações, facilitando o trabalho do profissional de segurança. Normalmente, estes animais seriam utilizados em estádios, onde existe concentração de muitas pessoas, catástrofes como enchentes e desabamentos, dramas vividos atualmente pela população daquela região, além de dificultar o tráfico de drogas.

Assista ao vídeo e confira habilidades destes animais
 

 

           

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Duas horas após arrematar Hotel Tambaú, Grupo Arnaldo Gaspar desiste da compra

Duas horas após arrematar, em leilão virtual, o HOtel Tambaú pelo valor de R$ 40 milhões, o Grupo Arnaldo Gaspar solicitou o cancelamento da compra. O documento foi encaminhado ao…

Justiça determina continuidade do uso de EPIs em serviços de delivery

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba julgou improcedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 0804521-63.2020.8.15.0000 movida pela Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, questionando a Lei…