Com mais de R$ 1,6 milhão em vendas, o 31° Salão do Artesanato da Paraíba superou as expectativas da organização do evento, que nesta edição teve como tema “Metal que Vira Arte”. Realizado de 10 de janeiro até este domingo (2), o Salão teve um público visitante de 101.024 pessoas, também superando a estimativa. A localização do Salão, que nesta edição voltou à orla do Cabo Branco, é um dos principais fatores apontados tanto pela organização do evento quanto pelos artesãos para o resultado com boas vendas, com um aumento de mais de 100% em relação à edição anterior da Capital.

De acordo com os números divulgados pelo Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), foram comercializadas 75.111 peças, totalizando R$ 1.614.855,20.

No 29° Salão, realizado no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, o total de vendas ficou em R$ 804.698,30. Isso significa dizer que, tendo sido realizado na orla de João Pessoa, com grande fluxo de pessoas, as vendas do Salão cresceram mais de 100%. O Salão é realizado em duas edições ao ano, alternando João Pessoa e Campina Grande

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, agradeceu ao Governo do Estado e à população o sucesso do 31° Salão do Artesanato da Paraíba. “Não temos palavras para descrever nossa satisfação em chegarmos ao dia de hoje, tendo superado todas as expectativas. A palavra de hoje é gratidão a Deus, ao governador João Azevêdo, à presidente de Honra do Programa do Artesanato da Paraíba, Ana Maria Lins, pela confiança no nosso trabalho, aos artesãos que construíram essa trajetória de sucesso, aos parceiros, que toparam o desafio, e aos paraibanos e turistas que prestigiaram esse evento que, com certeza, ficará na história”, disse.

O evento arrecadou, ainda, 3.402 kg de alimentos, que serão doados a entidades carentes conveniadas com o Governo do Estado.

Evento histórico – Com a participação de 300 expositores, representando 3.085 artesãos de 46 municípios paraibanos, a 31ª edição do Salão do Artesanato da Paraíba ficará marcada não apenas pelas vendas excelentes, mas também por eventos marcantes.

Um desses eventos foi a realização do desfile da coleção #SomosTODOSParaíba, resultado de uma série de oficinas ministradas pelo estilista Ronaldo Fraga a rendeiras do Cariri paraibano.

Na última quarta-feira (29), 25 modelos mostraram 40 looks da renda renascença, inspirados na obra do artista plástico Flávio Tavares, ponto alto da qualificação promovida pelo Governo do Estado para valorizar a renda renascença.

Além disso, quem visitou o Salão do Artesanato pôde apreciar uma ampla programação cultural, em um ambiente com decoração inspirada no metal, projetado por renomados arquitetos paraibanos.

A 31ª edição do Artesanato contou com a co-realização do Sebrae-PB e parcerias do Procon-PB, Jucep, Empreender-PB, Cagepa, Detran e EPC (Empresa Paraibana de Comunicação).

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aprovado: PL de Wilson Filho proíbe corte de água, energia e despejo

Visando estimular trabalhadores paraibanos a não saírem de casa e, desta maneira, reduzirem as chances de contraírem o covid-19, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, projeto de…

MP que prorroga contratos de fiscais veterinários não perderá validade

O presidente da Comissão Mista do Senado que analisou a Medida Provisória que prorroga por mais dois anos os contratos de 269 médicos veterinários ligados ao Ministério da Agricultura, o…