O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, em razão das consequências da  paralisação dos caminhoneiros, decretou estado de alerta e se dirigiu à população campinense pedindo compreensão para enfrentar  crise de desabastecimento de combustível.

Romero informou que por contado desabastecimento, a frota de transportes públicos funcionará em com 50%  neste sábado, 26, sendo que no domingo, 27, a população não vai contar com este tipo de  transporte.

Explicou Romero que se trata de uma tentativa de, na segunda-feira, voltar a ter novamente 50% da frota circulando e enquanto tenta combustível. Outra preocupação do prefeito de Campina Grande é com relação à limpeza pública, como ele explica:

– A nossa preocupação ainda maior é que nós so teremos óleo diesel para permitir a limpeza urbana da cidade, durante este final de semana. Na segunda-feira,  já não teremos limpeza urbana.  Por isso, pedimos toda solidariedade do povo campinense para aguardar uma nova informação da Prefeitura Municipal de Campina Grande,  antes de colocar o lixo na rua”, acentuou.

Ele explicou que o pedido de não  recolhimento do lixo à via pública se faz necessário, porque trata-se de uma ação que foge ao controle da administração municipal. “O que é possível fazer nós estamos fazendo, daí pedir a todos a compreensão e solidariedade neste momento critico”, concluiu.

Em seu sexto dia a paralisação parou o paìs e afetou todos os setores.

Redação

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Internos do Lar do Garoto são recapturados após fuga, no Agreste da PB

Seis dos 10 internos que fugiram do Centro Educacional Lar do Garoto, na cidade Lagoa Seca, no Agreste paraibano, na noite desta sexta-feira (13), foram recapturados pela Polícia Militar. A…

Estudantes participam do Dia de Mobilização Escolar neste sábado

A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT) realiza, neste sábado (14), o Dia de Mobilização Escolar, uma ação que envolve ‘aulões’, oficinas e simulados destinada…