Por Humberto Júnior

Após os episódios antidemocráticos nos Estados Unidos nesta quarta-feira (6), que culminaram em pessoas mortas e notas de repúdio de diversas autoridades ao redor do mundo, as redes sociais começaram a limitar e até suspender as contas do Presidente Donald Trump.

A primeira rede a se manifestar com o bloqueio foi o twitter, logo após o presidente postar um vídeo com uma mensagem dúbia pedindo que os manifestantes voltassem em paz para casa e ao mesmo tempo contestando o resultado das eleições (assunto que culminou com os protestos).

Hoje, Mark Zuckerberg, confirmou a suspensão das contas do presidente Trump no Facebook e Instagram até a posse de Biden. Ele diz que o risco das postagens do presidente é “grande demais”

Por Humberto Júnior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.