O teste do Papa Francisco para o novo coronavírus deu negativo, informou nesta terça-feira (3) a imprensa italiana.

Na semana passada, o pontífice de 83 anos cancelou uma missa e algumas audiências por causa de uma “leve indisposição”. No domingo (1º), ele fez a sua primeira aparição pública e afirmou que estava resfriado. Durante oração do Angelus, oficiada na Praça de São Pedro pela janela do Palácio Apostólico, ele teve dois acessos de tosse.

Por causa do resfriado, ele desistiu de participar do retiro quaresmal de seis dias em Ariccia, ao sul de Roma. Essa foi a primeira vez que o líder católico perde esse retiro desde sua eleição em março de 2013.

Na missa de Quarta-Feira de Cinzas em Roma, o papa foi visto tossindo e espirrando. Na quinta, ele deixou de participar de uma missa na basílica de São João de Latrão. O motivo informado pelo Vaticano foi uma “leve indisposição”. Na sexta, ele suspendeu audiências que estavam previstas.

O afastamento do pontífice de suas atividades acontece em um momento em que a Itália enfrenta um surto de contaminações pelo Covid-19.

Na sexta-feira (27), em meio às especulações de que Francisco tivesse sido contaminado, o porta-voz Matteo Bruni já tinha negado.

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pastor que apontou Covid-19 como histeria morre contaminado pelo vírus

Pastor que disse que coronavírus era ‘histeria’ para ‘derrubar Trump’ morre na Virgínia Virgínia – O pastor cristão e músico gospel Landon Spradlin, de 66 anos, foi uma das primeiras…

Papa concede hoje bênção especial ‘Urbi et Orbi’ com transmissão online

O papa Francisco concederá hoje (27), às 18h (horário da Itália, 14h no horário de Brasília) a bênção extraordinária de “Urbi et Orbi”, normalmente concedida apenas no Natal e na Páscoa. Ele fez…