O Reino Unido passará a exigir a partir de abril que imigrantes de fora da Europa que queiram obter um visto de trabalhador qualificado tenham pelo menos um título de mestrado. Além disso, o salário oferecido no Reino Unido deverá ser de pelo menos 20 mil libras.

Assessores da secretaria de Justiça no Reino Unido confirmaram ao Grupo Estado que as medidas, ainda em avaliação, atingirão também os brasileiros. A meta é passar a dar apenas 14 mil vistos de trabalho para estrangeiros altamente qualificados a partir de abril. Em 2008, 26 mil estrangeiros receberam esse visto.

Para os trabalhadores menos qualificados que queiram entrar no Reino Unido, as exigências também devem aumentar, pois o governo pretende cortar o número de vistos de 80 mil por ano para algo entre 20 mil e 40 mil. Para isso, a empresa que quiser contratar um estrangeiro terá de oferecer a vaga durante duas semanas ao serviço britânico de empregos. O estrangeiro somente ganharia o visto e seria contratado se a vaga não for preenchida por um inglês.

O número de estrangeiros trabalhando no Reino Unido atingiu 3,8 milhões em 2008, enquanto o desemprego bateu a casa de 2 milhões no país. A medida está sendo adotada diante da pior crise econômica no país em 60 anos e de protestos violentos de trabalhadores ingleses contra imigrantes.

 

Agência Estado

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário