A Paraíba o tempo todo  |

Otan mandará mais 5 mil soldados ao Afeganistão, diz Barack Obama

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou neste domingo que a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) ofereceu cerca de 5 mil soldados extras para enviar ao Afeganistão.

"Durante tempo demais nossos esforços no Afeganistão não tiveram os recursos necessários para conseguir nossas metas" nesse país, disse ele em coletiva de imprensa após a cúpula da Otan em Estrasburgo (França), que comemorou os 60 anos da aliança militar.

Durante a reunião, a Otan decidiu manter seus compromissos para apoiar a estabilização do Afeganistão. Desta forma, a aliança segue com tropas no país –o que estava em discussão porque havia a sensação para alguns países-membros de que a medida não estava dando o efeito desejado.

Os EUA, lembrou, já tomaram medidas para se reforçar e enviará cerca de 21 mil soldados a mais além dos 36 mil que já mantém, mas o país "não pode enfrentar este desafio sozinho".

Obama se declarou satisfeito com as ofertas dos aliados –que, segundo informações, inclui o envio de 3 mil soldados para apoiar a segurança diante das eleições de 20 de agosto no Afeganistão.

Além disso, disse, também serão enviados 300 efetivos para ajudar no treinamento das forças afegãs. Os aliados prometeram também um fundo de US$ 100 milhões, dos quais US$ 57 milhões procederão da Alemanha, para custear as tarefas de formação destas forças.

"Esta não era uma conferência de doadores, e, no entanto, recebemos o tipo de compromisso que historicamente não se recebe em conferências como esta", disse Obama, que insistiu em que o valor prometido é "significativo".

Segundo o presidente americano, parte do sucesso obtido ao conseguir o compromisso dos aliados se deve a que "não tentamos passar por cima das dificuldades" da missão.

Neste sentido, reconheceu que o envio de mais soldados ao Afeganistão "representa um esforço da população em um momento muito difícil", devido à crise econômica mundial.

 

Folha

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe