Por pbagora.com.br

Países do Hemisfério Sul devem ser os mais afetados pelo vírus H1N1.
Diretora-geral voltou a descartar elevar o nível de alerta pandêmico.

A diretora-chefe da Organização Mundial da Saúde, Margaret Chan, disse nesta sexta-feira (22) que os países devem ficar preparados para casos mais sérios de contaminação com o vírus da nova gripe, com mais mortes.

"Em casos onde o vírus H1N1 está espalhado e circulando na comunidade em geral, os países devem esperar registrar mais casos de infecções severas e fatais", disse ela em Genebra.

Chan também disse que os países pobres do Hemisfério Sul serão os mais afetados.

 

"O inverno atual (no Hemisfério Sul) dá aos vírus da gripe uma oportunidade de se misturar e de intercambiar seu material genético de maneira imprevisível", disse.

 

 

G1

Deixe seu Comentário