Por pbagora.com.br

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou neste sábado que está disposto a lutar contra os poderosos grupos de pressão que pretendem desacreditar seu orçamento recorde de US$ 3,55 trilhões, apresentado nesta semana ao Congresso.

O programa de gastos de Obama, com um déficit de US$ 1,17 trilhões e alta de impostos para os mais ricos, pretende obter bilhões de dólares em economia a partir de um aperto dos atuais gastos com licitações dos seguros de saúde e terminar com os subsídios e isenções de impostos para bancos, empresas agrícolas e do setor de petróleo.

"Esses passos não combinarão bem com os interesses especiais e os lobistas que se investiram da antiga maneira de fazer negócios", disse Obama em seu programa semanal de rádio. "Sei que eles estão se preparando para lutar enquanto falamos", acrescentou. "Minha mensagem para eles é esta: eu também.".

Os republicanos alertaram que as prioridades de gastos dos democratas ameaçam destruir o "sonho americano", segundo o qual o trabalho duro pode levar a uma melhor qualidade de vida.

 

Terra

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: Hong Kong fechará bares e clubes noturnos pela 3ª vez

Pela terceira vez neste ano, Hong Kong fechará bares, clubes noturnos e outros locais de entretenimento, informou hoje (24) a secretária da Saúde, Sophia Chan, enquanto as autoridades correm para…