A Paraíba o tempo todo  |

Mulher vai presa por não devolver livro a biblioteca

Uma biblioteca de Independence (Iowa, Estados Unidos) desistiu nesta semana da acusação de furto feita contra uma mulher que não devolveu um livro emprestado – por causa disso, Shelly Koontz chegou a parar na prisão.

James Peters, advogado de Shelly, afirmou que a mulher concordou em pagar os US$ 13,95 que custam o livro "The Freedom Writers Diary", mais US$ 50 pelas despesas na Justiça e também devolverá a publicação.

Shelly foi acusada de furto no dia 22 de janeiro e foi detida por não retornar o livro que havia emprestado da biblioteca em abril do ano passado. Para ser solta, ela teve de pagar US$ 250. Segundo o promotor Allan Vander Hart, a detenção foi motivada pela queixa de biblioteca.
 

G1

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe