A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Mortos pelo ebola somam 7.518, diz OMS

 O número de mortos na epidemia de febre hemorrágica do vírus Ebola no oeste da África subiu para 7.518 de um total de 19.340 casos registrados nos três países mais afetados – Serra Leoa, Libéria e Guiné -, segundo o último balanço, atualizado nesta segunda-feira pela OMS.

Desde 20 de dezembro, data da publicação do balanço anterior da Organização Mundial da Saúde, o número de mortos aumentou em 145 e o de casos, em 309.

No total, o vírus matou pelo menos 7.533 pessoas em todo o mundo.

SERRA LEOA – Serra Leoa, que tem o maior número de ocorrências, registrou em 20 de dezembro 8.939 casos (contra 8.759 anteriormente) e 2.556 óbitos (contra 2.477).

LIBÉRIA – A Libéria, há muito o país mais afetado pela doença, viu uma redução da propagação do vírus. Em 18 de dezembro, a Libéria tinha registrado 7.830 casos (7.819 anteriormente), dos quais 3.376 foram mortais (3.346 antes).

GUINÉ – Na Guiné, onde a epidemia eclodiu há um ano, 2.571 casos (2.453 anteriormente) foram registrados em 20 de dezembro, sendo 1.586 mortais (contra 1.550).

OS TRÊS PAÍSES MAIS AFETADOS – Além dos três países mais afetados, o balanço de casos fatais se manteve inalterado: seis no Mali, onde o último paciente teve exame negativo em 6 de dezembro, um nos Estados Unidos e oito na Nigéria.

A Espanha e o Senegal, que se declararam isentos do vírus Ebola, tiveram um caso cada um, nenhum deles mortal.

O Ebola, um dos vírus mais perigosos para o homem na atualidade, afeta sobretudo o pessoal de saúde. Em 14 de dezembro, 649 funcionários de saúde tinham sido contaminados e 365, morrido, segundo a OMS.

 

 

Jornal do Commércio

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe