Integrantes do Greenpeace colocam uma imagem da Estátua da Liberdade dentro da água nesta quarta-feira (8), como se estivesse afundando, durante protesto em Cancún, palco da Conferência do Clima da ONU. Outros monumentos históricos e patrimônios da humanidade também figuraram na manifestação.

Segundo a agência de clima da ONU, o ano de 2010 deverá ser um dos três mais quentes da história. Glaciares na América do Sul e nas montanhas da costa do Alaska têm perdido massa mais rápido e durante mais tempo que os demais em outras regiões na Terra.

A COP 16 vai até o dia 10 de dezembro, com debates voltados para temas como o Protocolo de Kyoto, que tem sofrido forte oposição para renovação por parte da comitiva japonesa presente no evento no México.

""

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ataque com drone americano mata 30 civis no Afeganistão

Um ataque com drone dos Estados Unidos que visava destruir um esconderijo do Estado Islâmico matou, no mínimo, 30 civis no Afeganistão. Um porta-voz das Forças Armadas americanas disse que o…