Médicos confirmaram que irão reduzir em 50% a alimentação da italiana Eluana Englaro, 38 anos, para iniciar o processo de eutanásia. O percentual ainda será aumentado progressivamente. A medida foi autorizada pela Justiça italiana e atende um pedido da família Englaro. Eluana está em estado vegetativo desde que sofreu um acidente de carro em 1992.

 

Ontem, o governo preparou o esboço de um decreto para impedir a morte de Eluana. "O esboço está preparado", disse uma fonte do Palácio Chigi. Porém, ainda não está decidido se o documento será apresentado ao Conselho de Ministros na reunião de hoje. Para isso, o decreto deve receber a aprovação do presidente da República, Giorgio Napolitano.

 

Terri Schiavo
Eluana tem sido comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
 

 

Terra

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário