Nadya Suleman, a mãe dos óctuplos nascidos em 26 de janeiro na Califórnia, pode ser despejada de sua casa na Califórnia, informou nesta quinta-feira (19) a rede CNN.

 

Segundo a reportagem, os registros de propriedade de Los Angeles mostram que a família deixou de pagar uma fatura da hipoteca de 9 de fevereiro. O débito acumula US$ 23.225. A casa de três quartos, da mãe de Suleman, pode ir a leilão no dia 5 de maio.

 

Suleman havia afirmado que estava criando seus seis filhos na casa da mãe e planejava criar seus oito recém-nascidos lá também.

 

 

Oito anos sem sexo

Suleman disse ao tabloide britânico ‘The Sun’ que, apesar de agora ter 14 filhos com menos de sete anos, chegou a ficar oito anos sem fazer sexo.

 

"Eu não lembro qual foi meu último encontro", disse Nadya. "Namorados? Eu acho que eu sempre fui extremamente egocêntrica. Eu não posso manter uma vida social e ser uma mãe."

 

Nadya disse que seu último encontro ocorreu bem antes do nascimento de seu filho mais velho, sete anos atrás, como resultado de inseminação artificial, e afirmou não ter intenção de ter novos relacionamentos até que seus filhos mais novos completem 18 anos.

 

 

Em sua primeira entrevista para uma publicação britânica, a americana Nadya, de 33 anos, admitiu que encontrou seu doador de esperma, David Solomon, em uma casa noturna e foi ao cinema com ele apenas uma vez antes de decidir que não o queria para namorado, mas apenas para pai de suas crianças.

 

Desde então, ele foi o doador para todos os embriões congelados que viraram seus filhos, disse Nadya. Mas eles não se falam há quase um ano, e ele nunca vê sua prole.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário