Por pbagora.com.br

A secretária norte-americana de Estado, Hillary Clinton, disse nesta quarta-feira (27) que os Estados Unidos irão cumprir o compromissos com seus aliados Coreia do Sul e Japão no caso de uma ameaça nuclear da Coreia do Norte.

As declarações ocorrem na semana em que a Coreia do Norte fez seu segundo teste nuclear subterrâneo em quatro anos, testou mísseis e ameaçou a vizinha e rival Coreia do Sul com uma ação militar.

Hillary disse esperar que a Coreia do Norte volte às negociações para o desarmamento nuclear patrocinadas pelas potências ocidentais.

A secretária também reafirmou que os norte-coreanos estão agindo de maneiroa "provocativa e beligerante" e que haverá consequencias.

Quase ao mesmo tempo, a Casa Branca acusou a Coreia do Norte de "aprofundar seu isolamento" da comunidade internacional com ameaças e bravatas. "Minha impressão é que eles estão tentando chamar a atenção", disse o porta-voz Robert Gibbs.

 

Gibbs destacou que seria preferível que a Coreia do Norte volte seus esforços para "o cumprimento de seus direitos e obrigações", e admitiu que os Estados Unidos estão "preocupados" com as ameaças proferidas pelo regime comunista.

 

 

 

G1

Deixe seu Comentário