Em viagem oficial a Israel, o presidente Jair Bolsonaro publicou nesta segunda-feira (1º) em uma rede social uma fotografia na qual está empunhando uma arma de fogo. No post, ele defendeu a "liberdade" de os cidadãos se armarem e criticou leis de desarmamento.

Capitão reformado do Exército, o presidente afirmou na internet que "o que torna uma arma nociva depende 100% das intenções de quem a possui".

Desde que era deputado federal, Bolsonaro é um crítico do Estatuto do Desarmamento, que, segundo ele, impõe regras muito rígidas para a posse de arma. Durante sua carreira parlamentar, ele defendeu reformular a legislação a fim de facilitar o uso de armas pelos cidadãos.

"Defendo a liberdade, com critérios, para cidadãos que querem se proteger e proteger suas famílias. Leis de desarmamento só funcionam contra aqueles que respeitam as leis; quem quer cometer crimes já não se preocupa com isso", escreveu Bolsonaro na rede social.

A imprensa questionou à assessoria da Presidência se a imagem em que Bolsonaro está fazendo mira com uma arma foi feita nesta segunda-feira em Israel, mas a Secretaria de Comunicação disse que o Palácio do Planalto "não comenta".

A roupa que o presidente está usando na fotografia em que está empunhando o armamento, terno azul escuro, camisa branca e gravata azul, é a mesma que ele vestiu nas agendas públicas desta segunda-feira em Jerusalém. Bolsonaro desembarcou neste domingo em Israel para uma visita de quatro dias ao país do Oriente Médio.

G1

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário