Os dirigentes do setor de parques temáticos da Walt Disney anunciaram nesta quarta-feira (18) um plano de reestruturação que prevê demissões, mas evitaram citar números. Trata-se de "simplificar a estrutura operacional, melhorar o processo de tomada de decisões e eliminar as redundâncias", explicou o grupo em um comunicado.

 

 

"Estas mudanças são indispensáveis para conservar nossa posição de líderes no turismo mundial familiar, e refletem a atual realidade econômica", explicou Jay Rasula, presidente da Walt Disney Parks and Resorts.

 

O plano prevê a fusão de certas operações de gestão da Disneylândia, na Califórnia, e do Walt Disney World, na Flórida. "As mudanças de organização exigem decisões difíceis, como a eliminação de certas funções", destacou Rasulo.

 

 

A Disney destaca que a reorganização terá efeito imediato, após uma queda nas visitas aos parques no final do ano passado, devido à crise econômica mundial.

 

G1

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Protestos continuam em várias cidades dos EUA mesmo com ameças de Trump

Horas após a ameaça feita pelo presidente Donald Trump de forças armadas para “dominar as ruas”, cidades dos Estados Unidos foram tomadas por cenas de mais violência que ofuscaram protestos…

Anonymous divulga dados pessoais que seriam de Bolsonaro, família e aliados

Perfis no Twitter que dizem pertencer ao grupo hacker Anonymous Brasil divulgaram na noite desta segunda-feira, 1º, supostos dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos Carlos, Eduardo e Flávio,…