Por pbagora.com.br

 Um casal do Tennessee, nos EUA, está sendo acusado de um crime cruel.

 

Segundo os relatos oficiais da polícia, uma criança teria sido assassinada ao ser forçada a tomar 2 litros de refrigerante de uva e uma grande quantidade de água. A verdade só foi revelada quando uma autópsia foi realizada no corpo da criança.

 

Ao chegar ao hospital, a menina não tinha sinais vitais. Ela havia sofrido gravíssimos danos cerebrais. Ao que tudo indica, o ato monstruoso foi motivado como forma de castigo por ter sido desobediente. A ingestão maciça de líquidos além do suportável causou inchaço no cérebro e o aparecimento de hérnias.

 

O casal foi preso e aguarda julgamento. A fiança está orçada em R$ 1,1 milhão cada.

Jornal Ciência