Pelo menos 10 pessoas morreram nesta quinta-feira, 5, e outras 40 ficaram feridas na explosão de um carro-bomba na cidade de Hilla, capital da província de Babel, 100 quilômetros ao sul de Bagdá, informaram fontes policiais.
 

A explosão aconteceu em um mercado popular da cidade, que foi palco, após a invasão americana ao Iraque em março de 2003, de vários atentados terroristas.

 

Vários dos feridos, que foram levados a hospitais próximos, estão em estado grave, o que pode elevar ainda o número de vítimas, segundo as fontes, que suspeitam que o grupo Al-Qaeda possa estar por trás do atentado.

 

O atentado, que ainda não foi reivindicado por nenhum grupo, aconteceu às 8 horas (1 hora de Brasília).

 

Também nesta quinta-feira, fontes policiais asseguraram à Agência Efe que Salam Salman, alto membro do Ministério do Interior, ficou ferido com gravidade em um ataque armado contra o veículo em que estava, quando passava pela praça Tahrir, no centro de Bagdá.

 

O homem foi levado ao hospital e seu estado é crítico, ainda de acordo com as fontes.

 

 

estadao.com.br

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inteligência digital na Paraíba usa tecnologia israelense

Uma tecnologia israelense vem sendo utilizada para promover inteligência digital no mercado paraibano. A intenção é atingir o público-alvo de empresas de forma direta e assertiva, usando soluções eficientes com…