A britânica Janet Waller depôs nesta segunda-feira (9) em inquérito sobre a morte de sua filha, Sophie Walker, 8, e contou que a menina morreu de fome ao se recusar a abrir a boca para se alimentar depois de ter se submetido a uma operação para a retirada de oito dentes de leite.

 

Segundo Waller, citada pelo jornal britânico "The Times", a menina tinha medo de dentistas e nenhum médico a visitou após a cirurgia para a retirada dos dentes. Ela se recusou a abrir a boca para comer, beber ou falar e morreu em casa, de falência dos rins por desidratação, 23 dias depois da operação.

 

Um médico do Hospital Royal Cornwall, em Truro, admitiu que Sophie não recebeu cuidados médicos suficientes.

 

John Ellis, um pediatra que serviu como consultor no inquérito afirmou que a morte teve impacto no hospital e que mudanças serão implementadas.

 

Waller explicou no inquérito, segundo o jornal, que Sophie desenvolveu medo de dentistas quando sua língua foi cortada durante um check-up de rotina, quando ela tinha quatro anos. Quando seu primeiro dente de leite caiu, ela se recusou a deixar um dentista checar e seus pais decidiram então levá-la ao hospital, onde Tamsin Hearle, especialista em odontologia pediátrica, tirou todos os dentes de leite da menina.

 

"Porque a Sophie não abria sua boca para ser examinada, eu quis eliminar qualquer problema dental", disse a mãe.

 

Waller, 34, enfermeira da ala pediátrica, disse que a filha ficou devastada quando descobriu que seus dentes seriam removidos. Ela disse ter assinado formulário para retirada de um dente apenas e não oito.

 

Sophie ficou no hospital por 11 dias e se alimentou por um tubo, antes de ser liberada. Waller disse que tentou internar sua filha novamente, mas que um psicólogo infantil assegurou que sua filha ficaria bem e marcou uma consulta na semana que vem. O inquérito aponta que Sophie perdeu 11 kg e não era mais capaz de andar.

 

A menina foi encontrada morta em sua cama, em 2 de dezembro de 2005. O inquérito continua nesta terça-feira.

 

folha online

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário