Um grupo feminista francês ofereceu, nesta sexta-feira (6), o prêmio de “macho do ano” para o arcebispo de Paris por seus comentários de que as mulheres precisavam não apenas de uma saia mas de “algo entre suas orelhas também”. O grupo Les Chiennes de garde (as cachorras de guarda) organizaram a premiação dois dias antes do Dia Internacional da Mulher.

O arcebispo André XXIII fez os comentários num programa de rádio em novembro. Ele explicava as dificuldades que a Igreja Católica enfrenta para recrutar mulheres. “O mais difícil é encontrar mulheres bem-praparadas. Não é suficiente ter uma saia, elas precisam ter algo entre as orelhas também”, disse

Ele depois pediu desculpas, explicando que quis dizer que as pessoas não são aceitas na Igreja por seu gênero, mas por suas habilidades pessoais.

Em segundo lugar na premiação ficou o humorista Fabrice Eboue, que disse na TV que “o feminismo não é apenas para mulheres autoritárias ou sexualmente.

UOL
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário