A Paraíba o tempo todo  |

Após mortandade por seca, Quênia faz megatransporte de animais

Guardas florestais no Parque Nacional Amboseli, no Quênia, começaram nesta semana o que eles dizem ser o maior deslocamento de animais já realizado no mundo.

 

Cerca de 4 mil zebras e 3 mil gnus estão sendo levados para uma área atingida pela pior seca da história, que deixou dezenas de milhares de animais mortos.

 

O Parque Nacional Amboselli é um dos mais populares do Quênia, mas também um dos que mais sofreram com a seca, que alterou o balanço do ecossistema local.

 

 

A seca provocou ainda uma crise entre os pequenos criadores de gado das proximidades da reserva.

 

Com a morte de suas presas habituais, alguns animais selvagens passaram a atacar o gado.

 

Com o transporte dos animais para a região, à beira do monte Kilimanjaro, as autoridades locais querem resolver dois problemas de uma vez só: garantir aos turistas algo que ver no parque, e aos leões algo o que comer após a devastação provocada pela seca.

 

G1

    VEJA TAMBÉM
    Veja Mais

    Opinião: Ele de Volta?

    Na verdade, o mundo grita por novos líderes, porém, a escassez continua. Parece até que o povo votante,…

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe