O Vasco perdeu para o Bangu 2 a 1 neste sábado, em São Januário, em jogo válido pela última rodada da Taça Rio. Thiago Reis abriu o placar, mas viu Anderson Lessa e Marcos Júnior definirem o duelo. O resultado foi péssimo para o Cruzmaltino que terá que secar o Volta Redonda neste domingo para chegar à semifinal. É que o Vasco segue com 8 pontos e poderá ser ultrapassado pelo Volta Redonda, também com 8 e que recebe o Boavista no Raulino de Oliveira, no domingo. Só a derrota serve para o Cruzmaltino. O Bangu, por sua vez, é o líder do Grupo C com 15 pontos. O time está classificado e deixa a segunda vaga para Flamengo, com 11, e Cabofriense com 10, e Botafogo, com 8.

O jogo começou e o Vasco não havia entrado em campo. Era essa a sensação que o torcedor na arquibancada tinha. O time não conseguia trocar passes e ainda via o Bangu oferecer perigo nos contra-ataques. O fraco desempenho tirou a paciência do torcedor aos 25min, quando gritos de cobrança vieram das arquibancadas. O 'puxão de orelhas' deu certo por alguns minutos e o time aumentou a produtividade.

Após o puxão de orelha, o Vasco conseguiu dois bons ataques. Sem conseguir furar a defesa do Bangu a solução era chutar de longa distância ou abusar de jogadas de bola parada. Primeiro, Danilo chutou de muito longe e parou em grande defesa do goleiro Jefferson. Na sequência, Rossi recebeu cruzamento mas acertou a rede pelo lado de fora.

Prata da casa, Tiago Reis viveu a semana dos sonhos. Até pouco tempo ele estava disputando a Copa São Paulo de juniores, onde se destacou. Tanto que a torcida pedia mais oportunidades no time titular. Isso ocorreu nesta semana e ele não decepcionou. Após marcar na vitória sobre o Resende, ele voltou a marcar diante do Bangu. O centroavante mostrou faro de gol e fuzilou o goleiro no rebote para abrir o placar: 1 a 0..

O Vasco teve péssima atuação no primeiro tempo e levou até puxão de orelha da torcida. Mas marcou aos 42min e foi para o intervalo em vantagem, No segundo tempo, viveu situação contrária. Melhor em campo, o Cruzmaltino parecia próximo do segundo gol, mas acabou cedendo o empate. De pênalti, Anderson Lessa deixou tudo igual: 1 a 1. Vaiado, Valentim lança Maxi López Após o empate, o clima ficou pesado em São Januário. Como de costume, a insatisfação foi direcionada para o técnico Alberto Valentim, que foi chamado de "burro" mesmo após atender pedido da torcida. Ele colocou Maxi López, mas na vaga de Tiago Reis, quando os vascaínos queriam a saída de Bruno César.

O jogo parecia na mão do Vasco. Após o empate, os donos da casa se lançaram ao ataque em busca da virada. Porém, os visitantes se mantiveram na estratégia do contra-ataque e marcaram no final do jogo para conseguir a virada. Marcos Júnior recebeu na intermediária e finalizou com violência para fazer o segundo. Marcelo Mattos é relacionado após dois anos e meio A última partida de Marcelo Mattos ocorreu no dia 19 de setembro de 2016. Após dois anos e meio, o volante voltou a ser relacionado e ficou no banco de reservas contra o Bangu neste sábado…

Uol

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Rússia é banida por doping e está fora de Tóquio 2020 e de Mundiais

A Agência Mundial Antidoping (Wada) excluiu a Rússia das principais competições esportivas mundiais nos próximos quatro anos por ter fraudado exames antidoping. De acordo com decisão unânime do comitê executivo da…

1ª Corrida de Prevenção do AVC movimenta esporte em CG

Aconteceu na manhã deste domingo, 08, a 1ª Corrida e Caminhada de Prevenção do AVC (Acidente Vascular Cerebral), evento promovido pela Liga Acadêmica de Neurologia e Neurocirurgia de Campina Grande (LANEC),…