Por pbagora.com.br

O Treze venceu o CSP por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Amigão, na estreia dos dois times no Campeonato Paraibano. Não foi um jogo fácil para o Galo, que encontrou boa resistência do Tigre em alguns momentos da partida. Mas, com dois gols em jogadas aéreas – marcados por Rafael Oliveira e Breno Calixto -, ambos no segundo tempo, o Alvinegro de Campina Grande conseguiu seus três primeiros pontos no estadual. De pênalti, Vitor descontou para a equipe de João Pessoa.

O Treze começou melhor. A primeira grande chance foi aos 18 minutos, quando Caxito acertou a trave de Wallace. Gilmar também chegou perto de abrir o placar para o Galo. Pelo lado do Tigre, Bahia e Ronald arriscaram algumas jogadas ofensivas, mas foi Matheus o jogador mais perigoso. Em todo caso, a rede não balançou no primeiro tempo, que foi mais equilibrado dos 25 minutos em diante.

Os últimos 45 minutos reservaram as principais emoções da partida: gols, pênalti, expulsão. Logo aos seis minutos, Rafael Oliveira, que entrara no intervalo, se jogou na bola para, de peixinho, aproveitar cruzamento de Dedé e praticamente entrar com bola e tudo e fazer 1 a 0 para o Treze. O Galo até seguia melhor, mas, aos 18 minutos, Vitor converteu pênalti sofrido por Matheus e deixou tudo igual. Aí o Alvinegro foi para cima. Gustavo acertou o travessão em cobrança de falta. Mas, aos 37, Robson recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Mesmo com um a menos em campo, o Treze encontrou o gol da vitória aos 42 minutos: Gustavo cobrou escanteio e Breno Calixto subiu mais que todo mundo para cabecear para as redes. Ao CSP restou insistir até o fim em busca do empate, mas sem sucesso.

Redação com globoesportes.com

Deixe seu Comentário