Por pbagora.com.br

Em jogo com um gol e uma expulsão para cada lado, Treze e Manaus empataram no Estádio Amigão, em Campina Grande, em duelo disputado na tarde deste sábado. Patrick, de cabeça, abriu o placar para os amazonenses, enquanto Neto Baiano cobrou pênalti com perfeição para empatar a partida. Com o resultado, o Gavião do Norte subiu para a quarta colocação, com 20 pontos. O Treze permanece no oitavo lugar, agora com 17 pontos. No entanto, os dois times podem perder os seus postos na próxima segunda-feira, quando o Paysandu (quinto colocado com 19 pontos) e o Botafogo-PB (nono colocado com 15 pontos) entram em campo e podem ultrapassar as duas equipes.

Muita disposição e pouca inspiração na hora de criar as jogadas dentro das quatro linhas. Treze e Manaus buscaram alternativas, mas os seus respectivos sistemas defensivos funcionaram muito bem, sem tantas brechas para chances claras. A melhor chance da partida ocorreu aos 40 minutos, quando Philip fez linda tabela com Hamilton e tocou na saída do goleiro Andrey. A bola foi para fora, tirando tinta da trave. O primeiro tempo acabou mesmo do jeito que começou a partida e sem deixar grandes expectativas para a etapa final.

A etapa final começou agitada. Logo aos quatro minutos, Patrick desviou cruzamento de Daniel Costa e mandou a bola para as redes. O Manaus ainda se acostumava ao fato de estar à frente do placar, quando Murici recebeu bom passe dentro da área e foi atropelado pelo goleiro Jonathan. Pênalti marcado pelo árbitro da partida e convertido por Neto Baiano. Daí em diante, as duas equipes até que pareciam que iam buscar o segundo a todo custo. E até mostraram muita disposição para isso. No entanto, jogadores do Galo e do Gavião sentiram muito desgaste e caíram bastante no gramado do Amigão. No fim da partida, o Treze, mesmo com um a menos (Douglas Lima foi expulso), pareceu mais próximo de marcar o gol que lhe daria uma importante vitória. Nada feito para os dois lados, e a partida acabou mesmo empatada em 1 a 1.

Globoesportes.com

Deixe seu Comentário