O Campeão voltou. Seis anos depois após a inédita conquista do Campeonato do Nordeste, o técnico Oliveira Canindé está de volta ao Campinense. Ele vai comandar a Raposa em 2020.no Campeonato Paraibano, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro.

A contratação de Canindé foi confirmada neste sábado pela futura diretoria rubro-negra e publicada nas redes sociais do clube.

O técnico desembarcou em Campina Grande na manhã deste sábado, reuniu-se com membros da futura diretoria raposeira e foi oficialmente anunciado.

Oliveira Canindé chega com a missão de tirar a Raposa da Série D, o principal objetivo do clube.

Daqui a 15 dias o Rubro-Negro vai passar por eleições para eleger a única chapa inscrita no pleito. A candidatura tem Paulo Gervany, atual mandatário interino, como postulante à Presidência e Kleber Cabral na vice.

Aos 53 anos, Canindé fará sua segunda passagem pelo Campinense. Pela Raposa, o treinador conquistou nada mais nada menos que a Copa do Nordeste, em 2013. Título que até hoje é lembrado pela torcida rubro-negra como a maior conquista da história do clube.

A final histórica foi contra o Asa de Arapiraca-AL, no dia 17 de março. Logo em seguida, o técnico deixou o comando rubro-negro e foi treinar o CSA-AL.

O trabalho dele foi respaldado pelo principal rival do Campinense e, em 2018, o Treze o levou na expectativa de repetir o sucesso obtido pelo técnico na Raposa, mas ele não foi tão bem sucedido.

Após sua saída do clube ao fim da temporada de 2013, o técnico teve passagens por vários times. Dentre eles, equipes tradicionais do Nordeste como CSA, América-RN, Santa Cruz, Sampaio Corrêa, e até mesmo pelo arquirrival do Rubro-Negro, o Treze. Em seu último clube, o Crato, ele comandou a equipe em quatro jogos, conquistou três vitórias, perdeu uma, e por pouco não chegou ao mata-mata da segunda divisão do Cearense.

 

SL
PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário