Por pbagora.com.br

 O jogo entre Auto Esporte e Treze, válido pela quinta rodada do returno do Campeonato Paraibano 2014, deveria ter acontecido no dia 3 de abril, uma quinta-feira.

Por conta de uma negativa da Polícia Militar em garantir a realização da peleja, a FPF adiou a partida várias vezes, restando a próxima quinta-feira, dia 22, como data do encontro, a ser realizado no Estádio da Graça, a pedido do mandante (Auto Esporte), às 20h30.

Ocorre que nos tumultuados bastidores do futebol paraibano, a diretoria do Galo acionou outra vez o Tribunal de Justiça Deportiva, exigindo a marcação de Botafogo-PB x Sousa, também válido pela quinta rodada, para “uma data próxima” de Auto x Treze.

De acordo com a última tabela divulgada pela FPF, no final da semana passada, Belo e Dino só jogam dia 4 de junho, no Almeidão, em João Pessoa, depois do clássico entre Bota-PB e Treze, este com validade pela 12ª rodada e agendado para o meio da semana que vem.

Eis que mais uma pedra pode atrapalhar o já trôpego andamento do certame. É que o TJD marcou para as 18h30 de quinta, na sede da FPF, o julgamento do novo pedido do Treze.

Dessa forma, caso haja pontualidade, o processo começará a ser analisado exatamente duas horas antes de Auto Esporte x Treze, o qual dependendo do resultado, poderá nem acontecer.

O presidente do TJD, José Bonifácio Lima Lobo afastou a possibilidade de cancelamento da partida.

Veja o edital da Justiça Desportiva paraibana.

 

""

 

EsportesPB