Por pbagora.com.br

 O futebol da Paraíba voltou a ser destaque na mídia nacional no começo de 2014. A edição de fevereiro da revista Placar trouxe o ranking dos piores times brasileiros dos últimos anos.

E como não poderia deixar de ser, o foco esta voltado para o Sport Campina, que no final de semana sofreu a maior goleada das últimas quatro edições do Campeonato Paraibano: 9 a 0 para o CSP.

O novatoo do certame estadual encabeça o negativo ranking, seguido por União Suzano-SP, Íbis-PE, Cruzeiro-RO e Cáceres-MT.

Leia a íntegra da matéria de Placar, assinada pelo jornalista Bruno Formiga.

O Sport Campina é o protagonista de um acesso, no mínimo, inusitado. Nos últimos dois anos, o clube disputou nove partidas pela Segundona do Paraibano. Perdeu todas. Mesmo assim, subiu de divisão. Oi? Simples: dois clubes desistiram do campeonato. Foram promovidos o terceiro e quarto colocados na série B de 2013, que teve apenas quatro clubes.

E o Campina, quarto com zero ponto, obteve esse direito. O acesso fora dos planos fez a diretoria do time mudar a estratégia, que antes era de usar apenas os jogadores lapidados no projeto social que justifica a existência do clube, e contratar veteranos. “A média de idade era de 19 anos”, diz o presidente em exercício Jesimiel Ferreira.

Na primeira divisão, o Sport Campina segue sem ganhar. Nada que abale a estrutura, garante o presidente. “Nosso objetivo é revelar atletas.”

*Placar