O técnico Lourival Silva, 48 anos, formado na Associação de Futebol do Porto, em Portugal, é considerado o destaque do Campeonato Pernambucano 2009. Conhecido na Terra do Frevo como o “treinador que levanta times baratos”, Lourival reafirma a possibilidade de treinar um clube da Paraíba ainda este ano (no Campeonato Paraibano ou no Campeonato Brasileiro).

Atualmente no Sete de Setembro, de Garanhuns, Lourival tenta classificar o time para a Série D do Campeonato Brasileiro, feito que seria inédito para o time da “Suíça Pernambucana”, que tem a folha de pagamento  mais baixa entre as equipes que disputam a competição estadual.

Apesar de ainda não revelar o nome do clube paraibano que está mantendo contato, Lourival garante que as negociações estão avançadas.

“É um projeto ambicioso, mas que não podemos adiantar os detalhes, no momento”, disse o treinador, que não revela o nome da agremiação para não interferir no acordo que está sendo firmado.

“Esse time tem um treinador, atualmente. Por isso, seria falta de ética minha revelar o nome do clube”, justificou o treinador.

“O que posso afirmar é que em breve deverei estar me transferindo para o futebol paraibano”, completou.

No atual Campeonato Pernambucano, quando o Sete de Setembro jogou contra o Sport-PE, Lourival foi bastante elogiado pelo técnico rubro-negro Nelsinho
Batista. Apesar de ter perdido o jogo, na Ilha do Retiro, pelo placar de 1 a 0, o treinador foi a principal estrela da noite, já que armou seus jogadores, de maneira que não deram espaço para o forte time adversário.

Nelsinho chegou a afirmar, depois da partida, que “o Sete foi o time mais bem postado dentro das quatro linhas que enfrentamos. Eles não mereciam ter
saído derrotados”. Contra o Náutico (1 a 1), a história se repetiu. Segundo a crônica esportiva, o Sete merecia ter saído com os três pontos.

Além de “treinador que levanta times baratos”, Lourival leva a fama de “Rei do Acesso”. O técnico ascendeu de divisão em times de pouca expressão,
especialmente no futebol pernambucano, quando conquistou três acessos da Série A2 para a Série A1 do Estadual – com Central, Serrano e Ramalat.
Conseguiu ainda a vaga inédita para Salgueiro-PE e Vitória-PE no Campeonato Brasileiro da Terceira Divisão.

Além de treinador, ele já foi coordenador das divisões de base do Clube Náutico Capibaribe, de Recife-PE, e jogador (ídolo alvirrubro). Lourival, inclusive, foi o atleta que mais vestiu a camisa do Náutico, em todos os tempos.
 

 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sampaoli corrige escalação, e Santos vence o Ceará de virada na Vila

O Santos venceu o Ceará por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol do Vozão foi marcado por Lima.…