O Botafogo-PB foi mais uma vez punido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Por maioria se votos, o clube paraibano foi multado em R$ 200, por não ter proporcionado as condições necessárias para o quarteto de arbitragem, imprensa, atletas e comissões técnicas que participaram da partida entre Botafogo-PB e Paysandu, pela 14ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Na ocasião, os vestiários do Estádio Almeidão ficaram alagados e em péssimas condições, após chuvas torrenciais que aconteceram na capital, nos dias anteriores ao confronto. O árbitro da partida, o sergipano Rogério Lima da Rocha, relatou os problemas na súmula e ainda adicionou a informação da ausência de internet no estádio. Nem mesmo a ressalva do árbitro de que o fato não atrapalhou a entrada dos jogadores para o campo de jogo salvou o Belo da multa.

Após os relatos do juiz da partida, o clube foi denunciado pela procuradoria do STJD e incurso no artigo 191 III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que trata da responsabilidade do clube mandante em promover as boas condições do estádio para a partida. O Belo ainda pode recorrer ao Pleno do tribunal. Funcionou na defesa do time de João Pessoa, o advogado Osvaldo Sestário Filho.



Globoesporte.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário