O Sport Lagoa Seca é o mais novo campeão da 2ª divisão do Campenoato Paraibano. Novo mesmo! O Carneiro conquistou o primeiro título da sua história nessa competição. E que título! Cheio de emoção e com a necessidade de mostrar muita garra dentro de campo, na casa do adversário.

O Sport-PB teve um jogador expulso logo aos dois minutos de bola rolando, depois ficou boa parte do jogo com dois a menos em campo, mas resistiu à pressão do São Paulo Crystal no Carneirão e segurou o 0 a 0 até o fim do tempo regulamentar. O placar, somado ao 2 a 2 da partida de ida, levou a decisão para os pênaltis. Da marca dos 11 metros, o Carneiro venceu por 3 a 2 e festejou, em Cruz do Espírito Santo, o título da divisão de acesso do futebol paraibano.

A final da 2ª divisão começou com muita emoção, mas de forma negativa. Anderson Pinto foi expulso logo aos dois minutos de jogo, após entrada inprudente no adversário, e deixou o Sport-PB com um a menos muito cedo. Mas os primeiros 45 minutos se passaram sem que o São Paulo Crystal conseguisse transformar em vantagem no placar a superioridade numérica que tinha em campo. Nada de muito interessante aconteceu até o intervalo.

Na segunda etapa, os dois times seguiam com certo equilíbrio e sem grandes chances de gol. Aí a coisa piorou para o Carneiro aos 18 minutos, quando Júnior Fialho recebeu o segundo amarelo após falta dura e também foi expulso. Com dois a menos, o Saport-Recuou. O São Paulo Crystal foi para cima. E pressionou. João Manoel foi se destacante lá atrás, com boas defesas. Aos 36, quem foi expulso foi Jó Boy, que recebeu o vermelho direto após carrinho pesado. Seriam nove do Sport-PB contra 10 do Tricolor até o fim. Mas nenhum dos dois conseguiu balançar as redes. O campeão da 2ª divisão seria conhecido nas penalidades máximas.

O Sport-PB abriu cada rodada de cobranças, com o São Paulo Crystal vindo logo depois. Ítalo e Isaías marcaram e colocaram 1 a 1 no placar. Na segunda rodada, Nilton defendeu a cobrança de Gaspar, do Carneiro, e Filipe Piris colocou o Tricolor à frente: 2 a 1. Quando Erivan mandou na trave e deperdiçou mais uma cobrança pelo time de Lagoa Seca, pareceu que tudo daria certo para os donos da casa. Mas Carioca também mandou na trave, e o placar seguiu apontando 2 a 1 para o São Paulo Crystal, faltando duas cobranças para cada lado. Aí Robertinho converteu e Igor mandou para fora. Ficou tudo igual – 2 a 2 -, e Gustavo e Nonato teriam em seus pés a possibilidade de definir o título. Gustavo marcou para o Sport-PB e Nonato jogou na trave a chance do São Paulo Crystal, que viu seu adversário comemorar o título: 3 a 2 nos pênaltis.

O Sport Lagoa Seca fez nove jogos nesta 2ª divisão do Campeonato Paraibano, totalizando seis vitórias, uma derrota e três empates. O Carneiro venceu suas cinco partidas pelo Grupo Agreste/Sertão na primeira fase, depois perdeu uma e venceu mais uma na semifinal contra o Confiança-PB, até que empatou duas vezes com o São Paulo Crystal – 2 a 2 na ida e 0 a 0 na volta – na grande decisão. A vitória nos pênaltis coroou a campanha alviverde com o título inédito.

O São Paulo Crystal amargou, no seu estádio, o vice-campeonato da 2ª divisão do Paraibano. Mas os tricolores saem da competição invictos. Após seis vitórias em seis jogos pelo Grupo Litoral/Brejo na primeira fase, venceu a Queimadense nos dois jogos da semifinal. Aí, na decisão, contra o Sport-PB, dois empates: 2 a 2 na ida e 0 a 0 na volta. Mas a derrota nos pênaltis evitou que o time de melhor campanha ficasse com o título.

redação com globoesportes.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Flamengo domina e Athletico tem dois representantes na seleção do Brasileirão 2019

Campeão com 16 pontos de vantagem, o Flamengo dominou, também, os escolhidos para a seleção do Campeonato Brasileiro de 2019. Na noite desta segunda-feira, na festa do Prêmio do Brasileirão,…