A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Sport empata com o Flu e evita rebaixamento antecipado

 Por cerca de 15 minutos, enquanto era derrotado parcialmente no primeiro tempo, o Sport sofreu com a combinação de resultados e chegou a ser considerado rebaixado para a segunda divisão. Mas o time pernambucano, apoiado por sua fanática torcida que lotou a Ilha do Retiro neste domingo, arrancou um empate por 1 a 1 contra o Fluminense e escapou da degola antecipada ainda na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Fred abriu o placar para o tricolor carioca, e Felipe Azevedo empatou.

Mesmo com a vitória da Portuguesa em Porto Alegre, sobre o Internacional, e o empate de Bahia e Náutico, a definição da disputa para se livrar da queda ficou para a última rodada. Enquanto a Lusa e o Bahia foram a 44 pontos, o Sport ficou com 41. Com os três times somando 10 vitórias, os pernambucanos buscam um triunfo no próximo fim de semana e torcem por uma derrota de paulistas ou baianos para escapar do rebaixamento

 

O relaxamento natural em função do título conquistado antecipadamente não foi visto neste domingo no Fluminense. Buscando a vitória para superar o recorde de pontos nos pontos corridos, o tricolor carioca começou melhor a partida, criou chances e neutralizou as poucas tentativas do Sport de chegar ao ataque.

De maneira tranquila, evitando o desgaste no forte calor do Recife, o time carioca apenas aproveitava os seguidos erros do pernambucano para criar suas chances. E aos 27min, após falha da zaga do Sport em escanteio cobrado pela esquerda, Fred aproveitou a bola que sobrou livre dentro da área para chutar com categoria e fazer 1 a 0 para o Fluminense.

O gol aumentou o drama da torcida que lotou a Ilha do Retiro. Para completar, a Portuguesa fazia, simultaneamente, 1 a 0 no Internacional. Desesperados, os jogadores pressionavam no ataque e tentavam o empate no final da primeira etapa. E o esforço foi recompensado. Aos 48min, Gilberto tocou em profundidade para Felipe Azevedo, que invadiu a área pela direita e chutou forte na saída de Diego Cavalieri para balançar as redes e empatar a partida.

Na volta para o segundo tempo, precisando da vitória a qualquer custo, o Sport manteve a postura e partiu com tudo para o ataque. No entanto, o desespero fazia com que alguns espaços ficassem abertos na defesa e o Fluminense também chegasse com perigo em um jogo completamente aberto.

Na metade final da segunda etapa, o time pernambucano corrigiu a postura defensiva e passou a dominar de maneira absoluta o jogo. Porém, com uma grande defesa de Cavalieri e duas bolas tiradas em cima da linha por Elivélton e Valencia, o Sport não transformou a superioridade em gol e viu o jogo terminar empatado ao apito final do juiz.

 

UOL

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe